AyahuascaTerapia


DSC_5958-Editar.jpg

 

RapéTerapia


adan-lara-rape.jpg

O RAPÉ é uma medicina ancestral de tradição xamânico-amazônica. Usado desde muito antes da chegada dos europeus. É um pó fino feito de tabaco orgânico, unido às cinzas moídas de cascas de árvores, ervas e plantas medicinais. Tudo transformado em um poderoso pó aromático e enteógeno, que é consagrado soprando no nariz através de um Tipi (aplicador), produzindo um estado imediato de quietude e clareza mental, trazendo novos pensamentos, novas ideias.

Neste momento, reconhecemos a unidade entre as mentes, que é perceptível e natural quando a intenção de quem passa a medicina e de quem a recebe estão conectadas com o Espírito.

Seu uso inicialmente pode ser em rituais xamânicos e rodas de cura, porque o rapé tem um elevado poder de limpeza, física, psíquica, emocional e energética.

Quando a usamos antes das Sessões de AyahuascaTerapia, deixa a mente quieta e a porta do coração aberta para a chegada silenciosa e amorosa da Mestra Ayahuasca.

E, para o uso terapêutico da aplicação diária ser curativo, deve ser orientado por um terapeuta, xamã ou guia.

O Rapé contém tabaco selvagem, que em seu estado original é uma planta curativa, de poder e uma das mais sagradas do xamanismo. E quando se alia a outras plantas, torna-se uma medicina fantástica que, além de nos proporcionar alívio e liberação das vias aéreas, a estabilidade da pressão, o relaxamento, o sossego, diminuindo a ansiedade, a depressão e a raiva. Também nos dá visões e discernimento sobre o nosso mundo interior.

Quando passamos por essas experiências e, principalmente, quando o fazemos de mãos àqueles que têm um claro propósito espiritual, é que podemos reconhecer e nos dar conta do poder divino dessa medicina. Pois, quando nossa intenção é pura, as portas do mundo espiritual se abrem para, enfim, nos conectarmos com o Ser que já somos.
Isso nos leva a sugerir que o uso dessa medicina é para a busca e o reencontro com o sagrado que já está em você. Dessa maneira, se for usado de forma recreativa ou irresponsável, você estaria faltando ao respeito consigo mesmo.

O RAPÉ é um sopro da Vida, que aquieta a nossa Mente e nos faz escutar o profundo silêncio em nós que nos convida a reconhecer O Grande Espirito que se funde em nós!